Pelados no esporte do Anjo Mineiro.

O melhor blog de futebol da América latina,machos pelados mostrando seus corpos esculturais em fotos,e videos quentíssimos !

Atenção, fás do meu blog !

Você deve ter mais de 18 anos para ver este blog, caso você tenha entrado por engano,então aperte o botão de voltar,Todas as imagens e vídeos postados neste blog são provenientes de sites encontrados no Google. Eu não reivindiquei a posse das fotos ou vídeos, portanto, imagens e vídeos protegidos por direitos autorais serão removidos a pedidos pelo meu e-mail-eusouoproprio@hotmail.com


Todos os modelos são maiores de 18 +

Sempre clique nas imagens para pode visualizar em tamanho original,fazendo isso você pode ver o numero de postagens e as fotos mais rápido e mais nítidas.

Obrigado pela visita.

Atenciosamente- Rodrigo Dantas Gusmão.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

O que o tempo não fez com o Fenômeno...que sauddes daquele ronaldo.. deste fenômeno



Quem se lembra daquele dito popular "época das vacas gordas e da vacas magras"? Pois é, parece que Ronaldo Fenômeno esta na época das vacas magras.... Ou será das gordas? Bem... (risos) depende muito do seu ponto de vista, Se for levar em conta que ele está horrivelmente péssimo hoje, além de gordo digamos que ele esteja sim na época das vacas gordas, agora se for levar em conta que ele não tem mas aquele corpo que era uma delícia... Cuidado! Ele está na época das vacas anorexicas! Gente... Ele já foi bem gostosinho apesar de que a beleza nunca foi seu forte né... Eu de bobeira na net há algumas semanas achei essas fotos, o post estava até paralisado aqui. Fiquei até de pau duro (asim como estou agora escrevendo esse post) mas é só lembrar do estado atual dele que misericordia! É broxar na certa! XD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

gostou? então ... comente !

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Homem de verdade
De mentira,
Na hora da verdade,
Eis que mira,
Do jeito que for.

Não importa
Me faço aluno,
Banco o professor,
Mudo de lado,
Fico por baixo,
Seja o que for.

Chutando para o gol
Ou sentindo a bola entrar,
Deixo minha verdade,
Com toda a intensidade
A mentira devorar..."